#mindfulnesstododia D39 - O corpo pede cuidado


Há dias em que o corpo pede descanso, cuidado, carinho. Ao mesmo tempo em que a mente pede por mais agilidade, produtividade e foco. É difícil coordenar as necessidades do corpo com os desejos da mente. Mas é fundamental aprender a honrar e respeitar a sabedoria do corpo. Quantas vezes você deixou de comer quando tinha fome, ou não foi ao banheiro quando tinha vontade, não bebeu água quando tinha sede, não dormiu quando tinha sono?

Arriscaria dizer que foram muitas. Essa tirania da mente, que nos mantém engajados em infinitas atividade, ignorando os sinais do corpo, tem consequências graves na nossa vida. Não só na nossa saúde, mas na perpetuação de emoções negativas, sentimentos indesejados e comportamentos mal adaptados. Deixamos de viver e passamos a existir, como zumbis, ou máquinas, que estão em atividade constante, mas completamente desconectados do mundo real. Vivemos em nossas cabeças e perdemos a ligação com o nosso corpo, que é a nossa “casa”.

Nós não somos só um corpo, mas sem ele, não podemos existir. Pelo menos não aqui nesse planeta. O corpo é o nosso instrumento, uma maravilhosa máquina que trabalha, incansavelmente, pra nos ajudar a realizar tudo aquilo que queremos. Mas quase nunca fazemos algo de bom por ele. Ao contrário, deixamos muito do que ele precisa de lado e o expomos a limites tão extremos, que as vezes o levamos à exaustão completa. Mesmo assim, ele, sábio, manda mais um sinal de alerta. Nessa hora, vem a crise. O burn out. A pausa.

Por isso, no curso de mindfulness, nossa primeira missão é treinar a atenção pra investigar as sensações diretas no corpo. Começamos com o escaneamento corporal - ou body scan. Se você quer saber como funciona, fica de olho no #mindfulnesstododia de amanhã, porque vou falar mais sobre essa prática. Até lá! .

#atençãoplena #autoajuda #autoestima #estresse #mbct #mbsr #meditação #mindfulness

0 visualização

© 2017 por Thais Requito.