Ah, os relacionamentos...


Tem gente que a gente adora ter por perto né? Pessoas que nos alegram, nos fazem sentir bem, seguros, pertencentes. Há pessoas com quem simplesmente estabelecemos uma conexão imediata, que o assunto não termina, que as idéias se complementam, que admiramos profundamente, que deixam o dia mais agradável, que têm a habilidade de despertar o melhor na gente. Que delícia que é isso né?

Mas, e aquelas pessoas que não são exatamente fáceis de lidar? Talvez uma, especificamente. Aquela que é o seu calcanhar de Aquiles, que te tira do sério em segundos, que te desafia, que te provoca, que a presença tira você totalmente do eixo. Tem alguém assim na sua vida? Aposto que sim.

Quer ma dica? Preste atenção nela e em você, a cada interação. Perceba como o seu corpo e a sua mente se contraem só porque ela passou por perto. Como o seu corpo reconhece o "perigo" e te coloca no modo "defesa" imediatamente. Como os seus pensamentos ficam confusos, agitados, como se houvesse uma nuvem (ou um furacão) na sua cabeça, escondendo o sol e a claridade. Nesse estado, não conseguimos acessar a melhor versão de nós mesmos, não conseguimos ver alternativas, não podemos responder de forma apropriada. Acabamos reagindo automaticamente, repetindo padrões antigos, de forma inconsciente. Nesses casos, um bom caminho é parar, respirar, reconhecer o que já está ali. Sem tentar mudar nada, abrindo espaço pro desconforto se manifestar.

É através do contato com isso tudo que os insights acontecem. Nesse momento, talvez você perceba que o que te desagrada no outro, também pode estar presente em você. Talvez em diferentes proporções, se manifeste em outras circunstâncias, mas esta aí. É só avaliar com honestidade e você vai encontrar algum traço dessa característica ou atitude. Não tem jeito, as pessoas "difíceis" são os nossos melhores espelhos.

Então, hoje, ao invés de fugir delas, se aproxime. Com curiosidade, gentileza, sabendo que a sua respiração está sempre aí, disponível pra te trazer de volta pro presente, pra realidade, pra um lugar seguro, distante do mundo do pensamentos. E em caso de emergência, ho'oponopono neles - e na gente.

#mindfulness #relacionamentos #meditação #atençãoplena

0 visualização

© 2017 por Thais Requito.